Banner da página do produto EWS Adjust

EWS-Adjust

 
 
Porta-ferramentas radial com barra de alinhamento EWS Adjust

 

Mandril de teste EWS com barra EWS Adjust

 

Torre de alinhamento EWS Adjust

 

"Dai-me um ponto de apoio e levantarei a Terra…

(Teoria da alavanca de Arquimedes, 250 a.C.)"

 

Não é assim tão espetacular, mas mesmo assim muito relacionado. "Dai-me um ponto no disco da torre com o qual eu possa contar e o alinhamento de ferramentas radiais na torre de ferramentas passa a ser coisa do passado."

 

Esses foram os requisitos básicos para os engenheiros da EWS... daí resultou o EWS-Adjust.

 

A técnica consiste em definir a linha de simetria do orifício de inserção na torre congruente com o pino de alinhamento. Se isso estiver assegurado e for realizado em todas as estações de ferramentas, deixa de ser necessário um ajuste demorado da posição de rotação.

 

É precisamente isso que a EWS consegue com o seu sistema Adjust. Aliás, esta solução pode ser adaptada em qualquer altura para muitas torres. 

 

 

 

Modo de funcionamento em detalhes:

 

O alinhamento por meio de 2 parafusos num PIN localizado na torre tem sido amplamente divulgado. Mas precisamente este ajuste demorado, especialmente em máquinas com duas torres (até 28 estações de ferramentas), degrada as altas velocidades de avanço rápido até à insignificância. O que se ganha em velocidades de deslocação perde-se com os longos tempos de configuração.

 

Independentemente de como se concebe o alinhamento no pino, é sempre necessário tempo para o ajuste, pois os pinos DIN, que são geralmente utilizados, nunca assentam exatamente na posição no orifício da torre. Caso se imagine que a posição de um pino está deslocada a uma distância de 56 mm (em relação ao orifício VDI) em 10μ em Y, com um suporte de barra de furar comum com um comprimento de fixação de 100 mm, isso já corresponde a 0,03 mm. Nesta consideração, as imprecisões de montagem na máquina-ferramenta permanecem sem serem consideradas.

 

A EWS abordou este problema com o seu novo EWS-Adjust. O objetivo era enfrentar o problema na sua raiz.

 

Para tal, existe apenas uma via: o pino na torre deve ser alinhado na máquina, na melhor posição de trabalho. Para isso, a EWS desenvolveu um parafuso excêntrico que, após a remoção do pino padrão, é introduzido no mesmo orifício.

 

Em combinação com um mandril de configuração EWS, o pino pode ser alinhado precisamente na posição de processamento. A parte inferior do excêntrico é um mandril expansor, que é atuado por meio de uma cavilha roscada e, dessa forma, protege a posição de rotação.

 

Este esforço tem de ser feito uma vez para todas as estações da torre. A ferramenta que é utilizada na torre pode ser ajustada externamente por meio de um dispositivo. Também isto é necessário apenas uma vez, desde que não ocorram colisões.

 

A barra EWS Adjust é fornecida com uma parte fixa, no entanto, tem um parafuso de bloqueio que elimina a última folga entre a barra e o pino. O sistema pode ser adaptado para quase todas as ferramentas fornecidas pela EWS.